: Nessie @ 13:56

Seg, 30/04/12

 

Ora,

imediatamente a seguir a ter feito os meus 20 anos e celebrado devidamente (lá chegaremos, o meu blog está um bocadinho atrasado na cronologia de eventos, eu sei) fui atropelada por um fenómeno académico vulgarmente conhecido por essays. Essays estes que me atormentaram nestas últimas duas semanas, de maneira que passei os meus dias a pesquisar e a escrever para cada uma das minhas disciplinas. Foi levantar da biblioteca os livros que ainda estavam disponíveis, tomar notas, escrever, e repetir tudo de novo mais duas vezes.

Os resultados: insónias, dores de cabeça tão fortes que me acordavam assim que conseguia adormecer, nove horas diárias na biblioteca durante os fins-de-semana, um estômago a sofrer de ansiedade, frustração por não ser daquelas pessoas inteligentes que conseguem escrever e escrever e escrever sobre qualquer assunto e mais algum. Pelo meio ainda tive um professor que decidiu que teríamos de apresentar um trabalho de grupo em cinco dias. Lá cumpri o (mínimo do) limite de palavras para cada um e acabei agora de entregar o último - que era nada mais nada menos do que o mais longo deles todos e sobre o Ulysses de James Joyce, do qual eu pouco percebi e do que percebi não tive grande opinião. Nenhum deles está grande coisa, mas estão feitos e desde que chegue para ter positiva fico feliz.

Pelo meio a única actividade social que mantive foram os intervalos de biblioteca com companheiras de sofrimento e o nosso segundo (estamos atrasados nestas coisas) jantar internacional: Alemão. 

 

Mas estou de volta! Ainda tenho trabalhos e exames pela frente mas pelo menos por agora posso respirar um bocadinho. Irei tentar dedicar-me às actualizações que devo ao blog, há muita coisa que gostava de partilhar convosco mas terá de ser aos poucos. E um muito obrigada por todos os desejos de parabéns que recebi!

 

(Tenho um bilhete de ida para Londres no dia 2 de Junho e ainda não tive tempo para definir o que fazer a partir daí. Escócia? Holanda? Bélgica? Não sei.)

 

Agora se me dão licença, tenho de voltar à vida real. Estou neste momento a faltar a uma aula e preciso de ir ao supermercado comprar comida a sério, que nos últimos tempos a minha dieta foi à base de wraps, saladas, uvas, barras de cereais e nozes/avelãs. Tenho tido uma preguiça enorme para cozinhar refeições mas proibi-me de comprar porcarias, pelo que tenho sido super saudável. Só que agora que o meu estômago já não se concentra na ansiedade, tenho fome.


tune: re: stacks - Bon Iver


: Nessie @ 20:24

Sex, 03/02/12

Photobucket

 

Como podem calcular, tenho estado mais ocupada em instalar-me devidamente e aproveitar a experiência ao máximo, o que faz com que tenha pouco tempo ou energia para vir aqui escrever. Mas de qualquer maneira, gosto de manter um registo daquilo que se passa.

 

 




: Nessie @ 13:38

Ter, 17/01/12

Photobucket

 

Sabem quando estão mesmo, mesmo, mesmo, 97% convencidos de que vão chumbar numa disciplina, mas depois acabam não só por passar como ainda tiram uma nota razoavelmente boa?

Este semestre tem havido muito disso; foi o mais difícil e no entanto até agora é aquele em que estou a tirar melhores notas. E logo naquelas disciplinas que deram mais trabalho.

Estou confusa.


tune: hands off my cash, monty - two door cinema club


: Nessie @ 18:45

Qui, 24/11/11

Photobucket

 

Ainda nem tenho onde ficar mas já só penso em fazer as malas.

Quanto mais se aproxima o erasmus mais sinto o peso de todos estes anos de antecipação e sonhos moldados pelo tempo. São as possibilidades, as expectativas e a luta constante para manter os pés na terra enquanto os dias vão passando devagar e as semanas tão tão depressa. É engraçado como neste momento sinto que estou preparada há anos, mas ainda assim esta concretização não assentou completamente. Acho que quando acreditamos mesmo muito em algo, a ideia torna-se familiar. Passei anos a visualizar o momento em que iria estudar fora de Portugal e nunca aconteceu como imaginei inicialmente - e mesmo assim, vivi quase com uma certeza de que iria acontecer e só me restava esperar. Por isso durante todo o processo que oficializa a partida, enquanto preencho e assino e envio documentos por email e por fax e por email outra vez, continuo apenas à espera. No fundo não passa de mais uma extensão dos últimos anos de certezas não confirmadas. Estou pronta, vamos a isso.

Dois meses, mais coisa menos coisa...

Já esteve mais longe.




: Nessie @ 21:54

Ter, 18/10/11

 

Então se tudo correr como previsto, o Erasmus será muito melhor. Muito melhor do que se tivesse entrado nas minhas primeiras duas hipóteses onde isto aconteceria. "Muito melhor" do género, vou estudar literatura inglesa e irlandesa e americana em vez de ter estudos latinos. "Muito melhor" como em, vou discutir Gaskell e Dickens e Conan Doyle nas aulas. "Muito melhor" tipo, vou fazer quatro cadeiras e obter equivalência a seis porque obtenho créditos para tal.

Claro- se tudo correr como previsto. Conto contigo para isso, Southampton.


tune: below my feet - Mumford & Sons

quote de descrição do blog: últimas palavras de François Rabelais, segundo o livro Looking for Alaska (John Green) imagem do cabeçalho via catfromjapan.tumblr.com
Apenas possuo imagens publicadas no meu blog quando mencionado. Todas as restantes - a maioria delas - são retiradas da internet.
"I go to seek a Great Perhaps.
mais sobre mim
links
subscrever feeds