: Nessie @ 15:34

Ter, 29/05/12

Eu e o meu grupo de Erasmus aqui em Inglaterra temos feito jantares internacionais desde Fevereiro para dar a conhecer aos outros os sabores das nossas terras. Tivemos um jantar catalão, alemão, norueguês, mexicano, francês, e agora que estávamos a ficar sem tempo, eu e a Marina resolvemos fazer os jantares português e brasileiro no mesmo serão.

E ontem realizámos então o nosso festim. Passámos cinco horas e meia (acreditem que adorava estar a exagerar) na cozinha de volta dos tachos que, como estudantes de intercâmbio que somos, são muito limitados - ou seja, sempre que acabávamos de usar uma panela tinha-mos de a lavar porque tinha de ser utilizada logo de seguida para outra coisa qualquer. Depois de termos procurado ingredientes das nossas nações exaustivamente, e com muito poucos resultados, decidimos que a ementa seria feijão preto com calabresa, farofa e arroz branco pela parte da Marina, e bacalhau com natas da minha parte, com brigadeiro e bolo de bolacha para a sobremesa, respectivamente.

Ora eu desenrasco-me na cozinha mas não faço refeições por aí além, nem nunca tinha cozinhado bacalhau com natas ou qualquer outro tipo de bacalhau na vida, pelo que estava bastante preocupada com os resultados. Todos sabemos que bacalhau não é do gosto de todos, eu própria às vezes dispenso, e escolhi o bacalhau com natas precisamente por não se sentir tanto o sabor do peixe, sem deixar de ser tradicional do nosso país e na minha opinião, o melhor prato de bacalhau. Pedi a receita à minha mãe, comprei os ingredientes (tive problemas com as natas porque aqui eles não parecem utilizá-las muito para cozinhar e eu não tinha a certeza se aquelas que tinha comprado seriam a mesma coisa,) e jesus take the wheel.

No entanto devo dizer que correu tudo bastante bem! Fora os calos que ganhei por andar a descascar e cortar aos cubos dois quilos de batatas com uma faca de mesa. E até me diverti bastante com todo o processo, que foi mais fácil do que antecipei.

 

 

O processo, na altura em que depois de ter deitado o bacalhau desfiado no refogado e adicionado noz moscada e natas, percebi que estava a fazer alguma coisa bem porque de repente cheirava a Portugal numa cozinha de um student flat em Inglaterra.

 

 

 

O resultado final. Digam lá que não ficou com bom aspecto? 

 

 

A estranha combinação gastronómica, mas que foi um sucesso entre os estrangeiros - que repetiram a dose e nos encheram de elogios!

 

 

As maravilhosas sobremesas. 

 

A seguir à refeição aproveitámos a restante luz do dia para ir até ao parque, onde corremos e jogámos descalças na relva que nem umas crianças até estar completamente escuro. Foi a última ocasião em que o grupo esteve completo, e não podia ter sido mais inesquecível.




Babs @ 17:13

Ter, 29/05/12

 

Por acaso uma das minhas coisas preferidas destes ultimos meses foram mesmo os jantares internacionais. Ate agora tive jantar checo, espanhol, mexicano, frances (lol QUEIJO, lembras-te da C?), enfim... Nao quero voltar :((((


Nessie @ 18:03

Ter, 29/05/12

 

é do melhor! ai, ela encontrou aí os queijos ou trouxe de frança? a minha amiga francesa trouxe queijo da normandia quando esteve lá nas férias da páscoa e fez uma tartiflette óptima com ele eheheh.
também não quero nada... não acredito que vais já para a próxima semana (ou esta semana?) D:

Persephone Dashwood @ 19:15

Ter, 29/05/12

 

Ai, estas imagens abriram-me o apetite...


Nessie @ 20:12

Ter, 29/05/12

 

agora não tenho comida para jantar e os restos de ontem ficaram em casa da marina :( apetecia-me mais bacalhau.


Teresa @ 20:26

Qua, 30/05/12

 

Sem dúvida que gostaria de ter a tua oportunidade! :)


dior @ 10:59

Qui, 31/05/12

 

ainda bem que correu tudo bem na preparação do jantar! a cena que era se não conseguisses arranjar os ingredientes todos lol


Nessie @ 11:17

Qui, 31/05/12

 

mesmo! as natas lá resultaram, e como não há por aqui bolacha maria ou equivalente (eu que sempre as tomei por garantidas) tive de fazer o bolo com rich tea biscuits, mas ficou bastante parecido depois de embebidas em café :)

quote de descrição do blog: últimas palavras de François Rabelais, segundo o livro Looking for Alaska (John Green) imagem do cabeçalho via catfromjapan.tumblr.com
Apenas possuo imagens publicadas no meu blog quando mencionado. Todas as restantes - a maioria delas - são retiradas da internet.
"I go to seek a Great Perhaps.
mais sobre mim
links